Tecnologia do Blogger.

Vientiane


Chegamos a Vientiane, capital da República Democrática Popular do Laos, no dia 17 de novembro, vindo de Hanói, no voo das 7h10, pela Lao Airlines. O voo tem duração de 1h.


Logo na chegada, muitas placas de boas-vindas. Do Aeroporto Internacional de Wattay para o centro são apenas 5 km ou 10-15 minutos de viagem e pode-se pegar uma van por US$ 10 ou um tuk-tuk (com carroceria adaptada para passageiros e bagagem) a US$ 5. Lá mesmo, além das passagens aéreas, é claro, você já pode adquirir tíquetes para tours turísticos na região e até passagens de ônibus ou trem.
Ao chegarmos ao hotel que tínhamos feito reserva, o iHouse-New Hotel (perto da fonte de água e do Centro Mekong River City), o quarto ainda não estava liberado para o check-in. Então, fomos almoçar no restaurante Xang Khoo, ali na rua mesmo. Diária a US$ 28 em quarto de casal com wi-fi, TV, ar condicionado e frigobar. Contatos: i@itravellaos.com; happyihouse@gmail.com.

Ao lado do nosso hotel, havia o Phone Paseuth Guest House, outra opção de hospedagem.

Os laocianos ou laosianos são muito gentis, educados e atenciosos. Estão sempre sorrindo e tentando agradar de alguma forma, seja no comércio, no restaurante, na feira, no hotel ou em alguma atração turística. Se quiser retribuir tanta gentileza, diga “Kob Jai”, que significa “Obrigado”.

A cidade, com pouco mais de 200 mil habitantes, além de limpa e bela, é muito calma. Nada que lembre o trânsito caótico de Hanói ou Ho Chi Minh, no Vietnã. Praticamente, todos os seus pontos turísticos podem ser alcançados a pé. Em sua arquitetura, apesar do reinado colonial francês, predomina a influência tailandesa. Os templos budistas e, claro, os monges dominam a paisagem. IMPORTANTE: programe-se para começar seu dia cedo, pois a maioria das atrações e templos fecha até às 16h-16h30.

Entre o meio do mês de outubro e abril, não chove, é a época de seca e é quente. De maio a até o início de outubro é a época úmida e chove; e de novembro a março pode ser um pouco frio.

Em relação ao Brasil, o fuso horário está 10 horas à frente.

O visto pode ser obtido na entrada do país, nos aeroportos de Vientiane (capital) e Luang Prabang, ou ainda em alguns postos de fronteira ou em Bangkok (capital da Tailândia), mas apenas para uma estadia máxima de 30 dias. É cobrada uma taxa de US$ 30 e devem ser apresentados os seguintes documentos: passagem aérea ida/volta confirmada; visto para o próximo país de destino (quando necessário); 1 foto 3x4 recente; e voucher do hotel.

Visitantes (últimos 7 dias)

Visite Blog RotaCinema

Postagens populares

Tags

República Democrática Popular Laus, Laous, monjis, mongis, dicas de viagem, blog simone, viagem barata, Simone Rodrigues Soares.

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP